A “paixão pela educação”, a propósito da revolução tunisina

“Uma Arte” de Fernando Gabriel (Diário Económico)

Governar, garantem os sábios, é uma arte, como tudo o resto. Os governantes que se imaginam mandatados para “apostar” o dinheiro que não lhes pertence nas suas obsessões particulares fariam bem em não esquecer que apostar é sujeitar-se aos caprichos da fortuna: nem todos terão a sorte de um exílio dourado, como o autocrata tunisino.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: