Que parvo que fui (2)

Vi ontem (talvez pela primeira vez) o debate semanal entre Morais Sarmento e Francisco Assis. Extraordináriamente contou com a presença de Álvaro Santos Pereira que discutiu e as conclusões do seu livro com os “residentes”. Resumindo. Correu tudo bem e as reformas foram todas acertadas e executadas. O único comentário que faço é este. Não percebo onde se foi buscar a ideia que Assis era o paradigma da honestidade.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: