Não compreendo a obsessão com as eurobonds

Yves Mersch, membro luxemburguês do conselho de governadores do BCE, sugereque as eurobonds sejam emitidas conjuntamente pelos países com rating AAA. Como condição de estabilidade impõe ainda a condição de “assim que um desses países perdesse o estatuto de ‘AAA’, teria de pagar toda a dívida“.

Não percebo bem o que Mersch entende por “toda a dívida”. Presumo que se refira apenas à quota parte que cada país tem no total da emissão obrigacionista. Também não entendo porque seria esta uma garantia de estabilidade. Os montantes assumidos e (especialmente) o risco associado à emissão de eurobonds(não vamos esquecer que se destinam a financiar o “Club Med” pouco famoso no cumprimento das metas orçamentais) teriam certamente um impacto negativo no rating dos países emissores. Não é difícil imaginar que a clausula de “estabilidade” seria rapidamente infrigida e abandonada. Convém ainda ter presente que a solução proposta por Mersch coloca a responsabilidade financeira inteiramente nos países do Norte. Mesmo que fosse aceite pelos eleitores de todos os países (o que não é um dado adquirido) certamente implicaria a imposição de um rígido controlo orçamental e mesmo político sobre o “Clube Med” muito superior ao agora exigido pela troika. Querem que vos explique as consequências políticas disto?

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: