Demagogias fáceis

José Pacheco Pereira e Cavaco Silva demonstram o seu descontentamento com o corte nos subsídios dos funcionários públicos [FP]. JPP acusa o o governo de imitar José Sócrates “lança[ndo] o odioso sobre os funcionários públicos” e optar por soluções fáceis. Cavaco Silva entende que existe violação da “equidade fiscal”. Alguns comentários.

Em primeiro lugar. O governo deveria ter simplesmente justificado os cortes com a necessidade de  equilibrar o orçamento e que para voltar  a colocar a despesa numa trajectória sustentável é imprescindível cortar na despesa pública. Ora as despesas de pessoal são despesa pública pura e constituem uma enorme proporção das despesas do OE. Há 3 alternativas, despedir FP, cortar nos salários da FP ou uma mistura das 2.
 
Em segundo lugar, Se como diz o JPP (e já ouvi outros) cortar na FP é assim tão fácil espanto-me como até agora nenhum governo teve *aqueles legumes ora verdes ora vermelhos que são usados nas saladas* para o fazer. Parece que ainda mais fácil seja dizer que é uma solução fácil.
 
Em terceiro lugar, Dizer que na FP existe “emprego garantido” só é falacioso na mente do JPP, extrema-esquerda e sindicatos. (não falo de contratados ou avençados da FP). Qual é a quota da FP no aumento do desemprego dos últimos meses? Se qualquer empresa privada tivesse as dívidas do estado português a solução seria encerrar dispensar todos os trabalhadores. Infelizmente não podem obrigar os clientes a pagar-lhe mais ou a aumentar as compras. JPP exibe os seus dotes de demagogo quando escreve “O argumento de que o seu emprego está garantido é também falacioso, principalmente quando na mesma frase se fala dos cortes salariais e da necessidade de despedimentos na função pública.”. Confunde (deliberadamente?) a intenção do governo com o status quo.
 
Por último. Já sabemos que para Cavaco Silva a alternativa é aumentar os impostos. (uma excelente forma de garantir a perpetuação do “monstro”) E o que propõe JPP com alternativa aos cortes na FP? Parece que há outras mas pertencem ao domínio da fantasia ou são ainda piores. Estamos conversados, portanto.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: