O condicionamento industrial ou a protecção dos incumbentes

No Jornal de Negócios

“O sector não reclama ajudas de qualquer tipo. Tem financiado a sua própria mudança, está preparado para ajudar o País a ganhar competitividade. Estará à altura das suas responsabilidades sociais”, frisou Balsemão, acrescentando, por isso que “não pode aceitar que seja o próprio Governo a introduzir mais um elemento de disrupção, que ponham em causa os objectivos económicos e sociais sem benefícios evidentes para ninguém”. E referia-se ao que disse ser o “processo apressado de privatizaçao da RTP, que não maximizando potenciais benefícios para o Estado, lançará todo o sector, não apenas as televisões, para uma crise que será impeditiva da indispensável transformação em curso”.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: