I want out

Segundo um dos promotores da “auditoria cidadã à dívida pública” o contribuintes não têm de “aceitar o empobrecimento apenas porque o Estado assumiu determinados compromissos em [seu] nome”. certíssimo. Nesse caso, não se devem opor que outros se recusem a suportar as despesas inerentes à manutenção do estado social. Em nome da coerência.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: