“Almofadas” orçamentais

Diário Económico

A CP avisa em comunicado que não vai pagar o salário do mês de Dezembro no dia habitual. “Face à gravidade da situação financeira da empresa e das insuficiências momentâneas de tesouraria, bem como a inadiável necessidade de satisfação das suas obrigações vencidas perante o Fisco, a Segurança Social e os Fornecedores, o Conselho de Administração vem informar todos os seus Colaboradores da impossibilidade de proceder ao pagamento dos vencimentos, no dia 23 de Dezembro, conforme tem sido prática em anos recentes”, escreve a empresa num comunicado enviado aos trabalhadores.

Petante a saúde que demonstra, presumo que esteja, de alguma forma, posta de lado a possibilidade de cortar custos na CP. Os sidicatos “acusam a empresa de estar a acentuar a pressão sobre os trabalhadores” o que vem conferir um toque de humor a esta tragédia. Será que eles não se apercebem do real significado do atraso no pagamento dos salários? A sorte (deles, não a nossa) é serem uma empresa pública. Caso contrário já tinham fechado há muito.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: