Modelos a seguir para ataques “ad hominem” (1)

No Jornal de Negócios, Camilo Lourenço comentou o absurdo do sistema de avaliação que atribuiu um “Bom” a Mário Nogueira apesar desta não exercer há vários anos qualquer actividade docente. Na réplica, excusando-se a comentar a questão da avaliação dos docentes, Mário Nogueira limita-se a acusar Camilo Lourenço de ser fascista e a tecer outras considerações sobre a sua pessoa.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Trackbacks

  • […] Modelos a seguir para ataques “ad hominem” (1) e Modelos a seguir para ataques “ad hominem” (2). Por Miguel Noronha. Classificar isto: Share this:FacebookTwitterStumbleUponEmailMaisPrintDiggLinkedInGostar disto:GostoBe the first to like this post. Deixe um Comentário […]

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: