Get your priorities straight.

A propósito da anunciada reforma do arrendamento urbano Paulo Rangel revela que o que mais preocupa é a cobrança de impostos. A outra pérola do texto é a proposta que a revisão das rendas esteja ligada por “um mecanismo administrativo” a faria depender do valor da reavaliação do imóvel.

Pensava eu que o propósito da reforma era precisamente acabar com a fixação administrativa das rendas que transformaram os centros urbanos em zona desertas e degradadas. Estava enganado. É tudo feito para sacar mais impostos sem que seja afrouxado o controlo estatal.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: