Um pensador de gabarito

Excerto de “Os Dias Contados” de Alberto Gonçalves (Diário de Notícias)

Saltito entre canais e deparo com João Cravinho a catalogar Carvalho da Silva: “um pensador da questão laboral” e homem de “grande gabarito”. Presumindo que o dr. Cravinho fala a sério, trata-se de mais um contributo para a canonização do eterno chefe da CGTP, cuja eternidade expirou esta semana. Comentadores suspeitos e insuspeitos correram a chamar Carvalho da Silva de tudo, excepto do que ele, de facto, foi: o exemplo que trabalhou na mesma empresa durante décadas sem comparecer um único dia ao trabalho; o militante que manteve o sindicalismo singularmente atrelado ao Partido Comunista; o combatente que se bateu como poucos em prol da perpetuação do nosso atraso; o camarada que, no momento em que sai da vida sindical, deixa Portugal com mais 300 mil ou 400 mil desempregados do que no momento em que entrou.

Em 37 anos de democracia, pela qual Carvalho da Silva sempre exibiu escassa admiração, poucos desempenharam papel tão nocivo para o país. Vai agora colaborar com o excelso prof. Boaventura na universidade, o que só por si prova a qualidade desta, e cozinhar uma candidatura à presidência da República, o que só por si prova a qualidade desta.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: