Tag Archives: emigração

A mentalidade socialista em acção (3)

Rangel sugere agência nacional para ajudar portugueses que queiram emigrar

Para além de propor uma agência que iria concorrer com privados que já desempenham essa função, à semelhança da esquerda (e de alguma direita, convém referir), Paulo Rangel acha que compete ao governo arranjar empregos.

A mentalidade socialista em acção

 

Consta que ontem Pedro Passos Coelho terá aconselhado os professores a emigrarem. Não foi bem assim. Não existe nenhum apelo directo à emigração e a leitura integral da notícia conta uma história muito diferente. Pedro Passos Coelho limitou-se a dizer que não haverá lugar para todos (espanto!!) e que quem não quiser trabalhar noutras áreas (para evitar o desemprego, entenda-se) poderá pensar em procurar colocação nos países lusófonos onde terá algumas vantagens comparativas e onde existe procura para a sua especialização.

Como escreve o Carlos Fernandes, muitas reacções parecem vir de crianças mimadas que fazem birra quando não lhes é satisfeito o capricho e que, talvez por direito divino, lhe é devido um emprego.

Não se espero grande grandes rasgos de honestidade de certas pessoas mas confesso que esperava que outros lessem a notícia toda. Como escreve o Francisco Teixeira, “O que deveria dizer o primeiro-ministro? Deveria vender ilusões?“. Deveria dizer que todos tem emprego garantido? Acrescento, eu. Não adianta culpar o governo pelas consequências da evolução demográfica e ao contrário do que pensam os socialistas nem tudo se resolve por decreto-lei.

Novas Oportunidades

A propósito do artigo do Público recomendo os posts que o Prof Álvaro Santos Pereira tem dedicado ao tema no Desmitos.

Brain drain

According to a survey published last month, seven out of 10 Greek college graduates want to work abroad. Four in 10 are actively seeking jobs abroad or are pursuing further education to gain a foothold in the foreign job market. The survey, conducted by the polling firm Kapa Research for To Vima, a center-left newspaper, questioned 5,442 Greeks ages 22 to 35.

Não será de espantar que em Portugal esteja a ocorrer um fenómeno similiar.