Tag Archives: Impostos

Pois claro

O secretário de Estado dos Transportes disse, esta terça-feira, que será o Estado e não os trabalhadores ou os utentes a pagar as dívidas das empresas públicas do sector.

Pois é. Vão ser mais uma vez os contribuintes do Algarve a Trás-os-Montes a pagar pela má gestão das empresas públicas de transportes dos grandes centros urbanos. Que sejam os utilziadores a pagar é que não pode ser.

Qualquer dia será criminalizado (em nome dos superiores interesses dos autores portugueses)

Segundo a ex-Ministra, actual deputada e, mentora da infame PL118  Gabriela Canavilhas: “”comprar equipamentos no estrangeiro significa pagar direitos de autor a cidadãos desses países em vez de contribuir para a compensação equitativa dos autores portugueses“.

Dado que o consumo de bens autorais deste humilde blogger é, quase exclusivamente produzido por autores estrangeiros é justo que passe a comprar os equipamentos visados pela PL 118 exclusivamente no estrangeiro. Não quero contribuir para que os respectivos autores fiquem privados dos seus direitos.

Ler a propósito os posts do Pedro Pestana Bastos e do Samuel de Paiva Pires

A realidade não se compadece com os desejos do legislador

Pedro Pita Barros:

O efeito económico de um imposto ou uma taxa não é determinado pela disposição legal de quem tem de entregar esse valor. Não é determinado pelo boa (ou má) vontade de um legislador.

Defina “melhor”

Segundo declarou ontem Pedro Passos Coelho “Para o país ser mais justo, temos de redistribuir melhor o rendimento”. Se isso significar que o rendimento não deve ser coercivamente sutraido aos seus proprietários então estou plenamente de acordo.

Taxation without representation

Gráfico de João Miranda. Do mesmo autor, ver também “No spending without taxation”

Inconsistências obamicas

Excerto do discurso sobre o Estado da União ontem proferido por Barack Obama

“a minha mensagem para os empresários é: perguntem a vocês mesmos o que podem fazer para trazer emprego de volta ao vosso país e o vosso país fará tudo o que nós pudermos fazer para que ajudar ao vosso sucesso”.

Momentos antes tinham proposto um aumento dos impostos sobre os mais ricos. Ceteris paribus, toda a gente sabe que o aumento de impostos é uma grande atractivo para o investimento produtivo.

Um oximoro interessante

…que nos diz muito sobre o seu autor.

A Comissão Europeia deve investigar o “fenómeno da fuga legal ao fisco” de empresas para “buracos negros da fiscalidade” como a Holanda, disse à Lusa o eurodeputado Rui Tavares.

Morte aos ricos!

Esta jornalista descobriu que Mitt Romney é rico e não gosta de pagar impostos. Dois pecados mortais para qualquer estatista. Estimo que não lhe entregará o seu voto.

Get your priorities straight.

A propósito da anunciada reforma do arrendamento urbano Paulo Rangel revela que o que mais preocupa é a cobrança de impostos. A outra pérola do texto é a proposta que a revisão das rendas esteja ligada por “um mecanismo administrativo” a faria depender do valor da reavaliação do imóvel.

Pensava eu que o propósito da reforma era precisamente acabar com a fixação administrativa das rendas que transformaram os centros urbanos em zona desertas e degradadas. Estava enganado. É tudo feito para sacar mais impostos sem que seja afrouxado o controlo estatal.

Não existe essa coisa de TDT sem custos

Intervenção de Adolfo Mesquita Nunes durante o debate de urgência, requerido pelo Grupo Parlamentar do PCP, sobre a “Televisão Digital Terrestre” (TDT), no qual o PCP a possibilidade de migração para a TDT sem qualquer custo para os cidadãos (05-01.2012)