Tag Archives: Keynes

Sobre o fracasso dos programas de estímulos à criação de emprego nos EUA

Why Obama’s Stimulus Failed: A Case Study of Silver Spring, Maryland

President Obama’s top economic advisor Larry Summers laid out ground rules for how stimulus dollars should be spent: The funds must be “targeted” at resources idled by the recession, the interventions must be “temporary,” and they needed to “timely,” or injected quickly into the economy.

None of that turned out to be true. “Even if you were to believe that government spending can trigger economic growth,” says Veronique de Rugy, Reason columnist and senior research fellow at the Mercatus Center, “the money is never spent in a way that’s consistent with the conditions laid out by the Keynesians for it to be efficient.”

Hayek vs Keynes (round 2)

Mitos da Iª Guerra Mundial

“A Grande Guerra” de Fernando Gabril no Diário Económico (e em versão integral no Gerontion)

Na semana passada os jornais noticiaram o “fim” da I Grande Guerra, com o pagamento pela Alemanha da última parcela das reparações de guerra. Referindo-se ao assunto, o Daily Telegraph resumiu de forma clara um mito duradouro: as reparações de guerra impostas à Alemanha constituíram um fardo “insuportável”, cujas consequências económicas “determinaram” a ascensão de Hitler e a eclosão da II Guerra Mundial. Este mito concorreu para a entronização intelectual de Keynes, promovida por uma historiografia ideológica que o representou como o único a antecipar as consequências desastrosas de uma paz que exigiu à Alemanha reparações “impossíveis” de pagar e “humilhantes”. Continuar a ler